O que é o Plantscaping?

Você já ouviu falar sobre “O que é o Plantscaping?”

 

A rotina da população está cada vez mais agitada, e muitas pessoas acabam se afastando da natureza. Porque os horários são muito curtos entre uma folga e outra do dia-a-dia.

Estima-se que as pessoas fiquem, atualmente, cerca de 90% do dia em ambientes fechados, principalmente em escritórios, trabalhando.

A maioria dos interiores empresariais não é adequadamente planejado para receber jardins ou sequer vasos de plantas. E isso pode ser algo ruim tanto para a saúde quanto para a produtividade dos empregados.

Uma forma das empresas melhorarem sua eficiência, é investir em um bom planejamento de ambiente.

Nesse sentido, um nicho de trabalho que vem crescendo no mundo corporativo, e se tratando do gerenciamento de instalações, restaurantes, lojas e escritórios, há uma forte tendência em voga na arquitetura, que é a prática do Plantscaping.

 

Entretanto Plantscaping é um tipo de estratégia que a arquitetura usa para acrescentar o verde em suas propostas. É uma combinação de arte, design, psicologia ambiental e técnicas de cultivo. É um jeito criativo de imitar o ambiente natural e emitir as sensações mais agradáveis e aconchegantes.

Um café em uma loja com o Plantscaping implantado. (Fonte: Pinterest)

O Plantscaping na decoração de interiores

 

Trata-se de unir a natureza com os interiores, com o propósito de fornecer a melhor qualidade de vida, podendo cuidar de ambientes de recreação, comércio e aprendizagem. É preciso saber que as plantas são ótimas para reduzir a umidade, extrair o excesso de calor e melhorar a qualidade do ar e a acústica dos ambientes.

Pesquisadores comprovam que a produtividade e a criatividade das pessoas aumentam quando estão em meio a natureza, e menos índices de depressão e estresse ao longo de sua vida profissional.

Com isso, é preciso considerar o impacto das plantas em espaços empresariais em usuários.

Um restaurante que aplicou também o Plantscaping.

 

Ficou interessado? Entre em contato conosco e deixe seu dia a dia mais florido!

Parceria: arquitetos e engenheiros juntos para uma boa obra

Para dar andamento a uma construção não é necessário escolher entre um engenheiro ou um arquiteto: você pode ter os dois ao seu lado pra somar suas habilidades e especialidades em prol da sua obra.

Com ambos os profissionais exercendo suas respectivas funções, as chances de uma obra mais completa é muito maior.

O arquiteto tem como função enxergar e fazer um bom uso do espaço. É seu trabalho fazer com que a obra fique de acordo com o que o seu cliente deseja, de forma que cada metro quadrado seja aproveitado de forma inteligente.

Com isso é possível fazer uma boa distribuição dos cômodos, garantindo que não haja o risco da falta de proporção e tamanhos entre um cômodo e outro.

Essa boa divisão também favorece a divisão da casa de maneira que a parte íntima (como os quartos) não fique comprometida pela parte recreativa, como salas de estar e jantar e áreas gourmet, por exemplo.

É a função do arquiteto cuidar da parte estética do projeto, conciliando boa ventilação, iluminação e outros aspectos que irão garantir o conforto, segurança e bem estar dos seus futuros habitantes.

Esse profissional também fica encarregado de resolver a parte legal do projeto, lidando com leis do município como o plano diretor, código de obras/edificações e código de posturas, entre outros.

Além disso, é também sua função planejar projetos complementares de paisagismo e decoração, por exemplo, e fazer o acompanhamento na escolha e aquisição de materiais de acabamento.

Fica a cargo do arquiteto fazer um bom uso do espaço e cuidar da parte legal e estética do projeto, entre outros aspectos
Fica a cargo do arquiteto fazer um bom uso do espaço e cuidar da parte legal e estética do projeto, entre outros aspectos

O engenheiro, por sua vez, fica encarregado de executar os projetos complementares com projetos estruturais, cobertura e estruturas metálicas, projetos de elétrica e hidráulica.

Quanto necessário, o engenheiro também trabalha com projetos de proteção e combate a incêndios.

Dê preferência por engenheiros que já tenham trabalhado previamente em conjunto com arquitetos, para assim colocar sua obra nas mãos de profissionais que trabalhem em harmonia para construir seu projeto completo e com eficiência.

O engenheiro fica encarregado de conciliar os projetos complementares com projetos estruturais, cobertura e estruturas metálicas, projetos de elétrica e hidráulica, entre outros
O engenheiro fica encarregado de conciliar os projetos complementares com projetos estruturais, cobertura e estruturas metálicas, projetos de elétrica e hidráulica, entre outros

Tanto um profissional quanto o outro podem ser responsáveis pelo gerenciamento da obra, e ambos devem acompanhá-la para evitar gastos desnecessários e possíveis erros durante a construção.

Com uma equipe completa e uma boa aliança entre profissionais competentes, fica mais fácil você alcançar o projeto dos seus sonhos. Entre em contato conosco hoje mesmo e solicite um orçamento!

Dicas e tendências para deixar sua casa mais aconchegante para o inverno

Com a chegada do inverno, não há nada como ter um espaço aconchegante para curtir o inverno em casa, não é?!

Seja para curtir um filminho em família ou para receber os amigos para um jantar, ter um ambiente receptivo e agradável nessa época do ano faz toda a diferença!

Continue conosco e confira a seguir algumas dicas e tendências para deixar sua casa com a essência do inverno!

Abuse das cores quentes

Se você tem preferência por tonalidades mais quentes, essa é a hora de apostar nelas!

Cores claras normalmente trazem uma sensação maior de arejamento e iluminação, enquanto tons mais escuros passam sensações calorosas

Para um ambiente mais aconchegante, aposte em tons quentes
Para um ambiente mais aconchegante, aposte em tons quentes (Fonte: Casa Vogue)

Confira aqui as tendências de cores em decoração para o inverno desse ano. Há muitas opções versáteis e elegantes, capazes de deixar seu cantinho mais acolhedor.

Use a iluminação a seu favor

Como sabemos, a iluminação também é uma parte crucial da decoração.

Em dias mais frios, normalmente optamos por cômodos mais escuros (Fonte: Huisjekijken)
Em dias mais frios, normalmente optamos por cômodos mais escuros (Fonte: Huisjekijken)

Uma iluminação mais forte e clara traz maior sensação de arejamento, então uma opção interessante é ter em casa um sistema de iluminação que possibilite o controle da intensidade da luz. No inverno normalmente optamos por cômodos mais escuros.

Concilie tecidos para um toque final elegante

Tapetes, cortinas, mantas e almofadas são ótimas opções para dar um toque especial à decoração de ambientes como salas e quartos.

No entanto, é importante saber conciliar e equilibrar os tecidos para evitar que o ambiente fique muito carregado ou poluído.

Nos casos de tapetes e mantas, as peças felpudas são as ideais!

Tapetes: Procure investir em modelos que harmonizem com os demais itens do cômodo.
O ideal é seguir a mesma linha de estilo dos demais itens da decoração, seja ela mais moderna, clássica ou étnica, por exemplo.
Nos quartos, o ideal é que o tapete seja grande o suficiente para que a cama fique sobre o tapete e sobre espaço para a circulação ao redor. Passadeiras apenas nas laterais ou nos pés da cama também são uma alternativa atraente.

Passadeiras nas laterais ou nos pés da cama são uma alternativa interessante (Fonte: Blog Edge Mendes)
Passadeiras nas laterais ou nos pés da cama são uma alternativa interessante (Fonte: Blog Edge Mendes)

Cortinas: como a intenção é deixar o cômodo aquecido e mais aconchegante, a escolha ideal são por cortinas mais encorpadas e com volume, que garantem melhor isolamento do ambiente.
Os tecidos preferidos para essa época do ano são o linho, shantung, sarja, veludo e algodão, entre outros.

Para essa época do ano, aposte em cortinas mais volumosas e encorpadas
Para essa época do ano, aposte em cortinas mais volumosas e encorpadas (Fonte: Iná Arquitetura)

Mantas: além de elegantes, as mantas são um charme! Coloque-as sobre sofás e poltronas e sentirá a diferença no ambiente.
Estampas com cores neutras são ótimas escolhas nos casos de ambientes compostos por tons mais vibrantes. Já se a sua intenção for deixar o espaço mais descontraído, uma alternativa bacana é investir em estampas geométricas.

Para deixar o ambiente mais descontraído, invista em mantas com estampas geométricas
Para deixar o ambiente mais descontraído, invista em mantas com estampas geométricas. Escolha almofadas macias com tons que combinem com o restante da decoração(Fonte: Decor Fácil)

Almofadas: espalhe almofadas nos sofás, poltronas e camas. Opte por modelos macios, que garantam maior aconchego
Escolha almofadas que casem com seu gosto e os móveis do ambiente em questão.

E então, o que achou das nossas dicas especiais? Seguindo essas sugestões, a sua casa estará preparada para que você possa curtir o melhor do inverno.

Entre em contato conosco hoje mesmo e solicite um orçamento de design de interiores!

Confira ideias inovadoras para a decoração de espaços comerciais

Decorar espaços comerciais nem sempre é uma tarefa simples, pois é necessário cumprir as necessidades operacionais do negócio em questão ao mesmo tempo em que permita realçar a essência da marca.

Qual o melhor caminho para deixar clara a sua identidade e chamar a atenção de seus clientes? Confira a seguir algumas sugestões e dicas que irão te ajudar com esse dilema.

Defina os objetivos e a personalidade do seu negócio

É fundamental ter em mente o seu público-alvo e a impressão que você gostaria de causar nas pessoas que frequentarão o seu espaço.

Franquias de restaurantes fast food, por exemplo, não costumam ter entre as suas prioridades a preocupação de oferecer um lugar que garanta muita comodidade aos seus clientes, pois seus clientes costumam passar para um almoço ou uma refeição rápida apenas.

Não é do interesse desse tipo de negócio manter as pessoas por muito tempo, uma vez que isso também pode prejudicar o fluxo de outros clientes.

Defina a impressão que gostaria de passar para seus clientes, isso facilita na hora de pensar na decoração ideal
Esse café, por exemplo, é pensado para um público mais jovem, por isso é super moderno! (Fonte: Franquia Empresa)

Já uma cafeteria, por exemplo, é o tipo de negócio que geralmente tem maior preocupação em oferecer um ambiente mais aconchegante, com diversos lugares para sentar (sofás, cadeiras estofadas, mesas modernas, com tomadas ao lado etc.)

As lojas de roupas geralmente tem maior interesse em atrair seu público por meio do glamour e da autoestima.

Uma ideia interessante é brincar com espelhos e luzes, o que pode contribuir para que a pessoa sinta-se bem consigo mesma, ao mesmo tempo em que isso permite, também, uma melhor visualização das roupas que vestir.

Escolha a fachada ideal

A fachada da loja é o primeiro ponto de comunicação com sua clientela, por isso é algo decisivo para atrair seu público-alvo.

Procure criar uma fachada atrativa e que transmita os valores da sua marca. As cores devem combinar com a personalidade da empresa e com os produtos oferecidos por ela.

Consulte um profissional para te ajudar a criar uma fachada convidativa, que atraia os clientes
Consulte um profissional para te ajudar a criar uma fachada convidativa, que atraia os clientes (Fonte: Depósito Santa Mariah)

Escolha uma paleta de cores e utilize tons que harmonizem entre si para que o visual não fique muito carregado, o que pode atrapalhar a visão do que é vendido.

Locais como lojas de jogos ou livrarias, por exemplo, geralmente tem maior liberdade para fazer da fachada algo mais descontraído e leve, transparecendo bem o espirito do ambiente.

Em todos esses casos são trabalhados elementos da marca que o negócio quer explorar nas experiências com seus públicos, seja através de elementos visuais (como cores e iluminação), ou por meio de sensações táteis, com espaços que trabalham conforto e até mesmo o sentido olfativo.

Se o mercado que você atua permitir um ambiente mais divertido, você pode demonstrar isso através da sua fachada (Fonte: Daily Dream Decor)
Se o mercado que você atua permitir um ambiente mais divertido, você pode demonstrar isso através da sua fachada (Fonte: Daily Dream Decor)

Nesses casos, faz toda a diferença ter o auxílio de um arquiteto! Um profissional dessa área te ajudará a transmitir da melhor e mais atrativa forma possível a essência do seu comércio, com bom gosto e autenticidade.

Entre em contato conosco e solicite hoje mesmo um orçamento para o design de interiores do seu espaço comercial!

3 dicas para incluir espelhos na sua decoração

Os espelhos se tornaram um item doméstico indispensável em cômodos como banheiros e/ou quartos.

Mas além da sua utilidade prática, espelhos podem ter outras funções, como, por exemplo, na decoração de cômodos, contribuindo com a impressão de expansão de espaços pequenos e gerando maior sensação de conforto.

Eles podem ser utilizados como elementos na decoração de salas de estar e quartos pequenos, banheiros apertados, halls de entrada e na porta de closets, entre outros.

Algumas dicas especiais para você usar os espelhos a seu favor na decoração:

1 – Paredes

Paredes revestidas com espelhos são uma opção irreverente, chamando muita atenção na decoração.

Ao revestir uma parede com um espelho, você gera a sensação de amplitude do ambiente
Ao revestir uma parede com um espelho, você gera a sensação de amplitude do ambiente (Créditos: decorfacil)

Nos banheiros, duplicam qualquer detalhe posicionado na parede adjacente ao espelho. Com o mesmo valor investido você duplica o efeito.

As vantagens são disfarçar cantos indesejados e contribuir com a sensação de amplitude e leveza do cômodo.

2 – Iluminação

Espelhos iluminados passam um ar de modernidade, principalmente em banheiros ou lavabos.

A luz é colocada atrás do espelho, duplicando a sensação de profundidade. Esse é um recurso simples de ser feito, que contribui para deixar o ambiente bonito e elegante. Você pode focar no detalhe de acabamento em 3D, por exemplo.

Para um ambiente mais moderno, invista em espelhos iluminados
Para um ambiente mais moderno, invista em espelhos iluminados (Créditos: decorfacil)

Além disso, os espelhos também podem ser uma boa solução para valorizar cantos escuros dos cômodos. Prefira posicioná-los de maneira a refletir os cantos mais atraentes do espaço, como papel de parede, um móvel diferenciado ou janelas, por exemplo.

3 – Profundidade

Espelhos são a melhor opção quando se pretende aumentar a profundidade de um ambiente.

Apartamentos normalmente tem esse problema com falta de espaço. Uma boa alternativa é instalar espelhos em portas de armário, por exemplo, ou em corredores.

Coloque um espelho no corredor de passagem e aumente a sensação de profundidade do ambiente
Coloque um espelho no corredor de passagem e aumente a sensação de profundidade do ambiente (Créditos: CasaPRO)

Espelhar janelas e partes de móveis também ajudam na sensação de ampliação do espaço.

Está pensando em renovar a decoração da sua casa esse ano? Entre em contato conosco e solicite um orçamento de design de interiores!

Arquiteto frente à construção: a importância de estar na obra

O arquiteto tem todas as qualificações necessárias para um acompanhamento de obra, para administrar um projeto e em conjunto pensar na estética da construção.

Ao dar início a uma obra, são analisadas questões legais e básicas da obra, como iluminação, ventilação, etc.

Nem todos os arquitetos costumam acompanhar as obras, mas isso pode acarretar em prejuízo para o cliente, tanto na obra (como atrasos de entregas), quanto em questões financeiras, gerando gastos que não são necessários.

Como o acompanhamento é feito?

O acompanhamento geralmente é feito a partir das etapas de construção.

Antes de a obra ser iniciada, é feito um planejamento com dados necessários para o cronograma financeiro, com a descrição dos materiais necessários e da entrega da obra.

As visitas frequentes à obra são de extrema importância. Sua periodicidade pode variar de acordo com cada obra.

É importante que o arquiteto acompanhe frequentemente a obra, a depender de cada construção
É importante que o arquiteto acompanhe frequentemente a obra, a depender de cada construção

Por exemplo: uma obra com curta duração e cujo prazo de entrega seja mais “apertado” naturalmente demandará mais vistas, talvez até diárias.

Por outro lado, se o prazo para entrega da construção for maior e houver um bom desempenho da obra, as visitas podem ser feitas com menos frequência.

Também é importante verificar o desempenho dos profissionais que estão trabalhando na obra, se estão executando corretamente suas respectivas funções e esforçando-se para que o desenvolvimento da obra siga no ritmo correto para com o prazo da entrega.

Lidando com imprevistos e equívocos

O acompanhamento da obra também é importante em casos nos quais algum detalhe do projeto seja executado de maneira errada.

Caso o arquiteto esteja acompanhando a obra com regularidade, será mais viável apontar qualquer erro ou divergência do projeto original para que o problema seja corrigido a tempo.

O acompanhamento do arquiteto também se faz importante caso ocorram imprevistos ou equívocos (como materiais de má qualidade ou infiltração inesperada, por exemplo) nos quais se faça a necessidade de alterar algum fator do projeto.

Tendo a supervisão recorrente de um profissional da área, esse tipo de problema pode ser corrigido a tempo, sem maiores prejuízos.

Ajudar o cliente a ter seu projeto executado corretamente e da maneira como previsto é uma das principais obrigações do arquiteto frente à obra.

São por essas razões que sua presença e fiscalização constantes do arquiteto responsável pela obra são indispensáveis para que tudo saia como o planejado e, por fim, o cliente esteja totalmente satisfeito com o resultado final de sua construção.

Pretende construir? Entre em contato conosco e solicite um orçamento.

Confira as tendências de cores em decoração para o inverno 2018!

Todo ano a Pantone divulga as maiores tendências de cores a serem usadas na temporada seguinte por meio do Pantone Fashion Color Trend Report.

Essas tendências são antecipadas para o mercado com o objetivo de determinar as tonalidades da próxima estação, bem como instigar a revitalização de meios como, por exemplo, a decoração, moda, arquitetura etc.

Geralmente são anunciados 15 tons-chave, tendências tanto para a moda quanto para a decoração.

Esse ano os tons foram divididos em duas listas: Fall/Winter 2018 Top 10 Color Palette, um top com as 10 cores mais visadas, e Fall/Winter 2018 Classic Color Palette, uma paleta mais sóbria, focada em tons clássicos.

Apostando nos tons da floresta

As paletas de cores divulgadas pela Pantone em 2018 buscam tons conectados à ausência de gênero e cores que transcendam as estações.

“Os tons para este outono evocam a sensação de folhas no chão da floresta, plumagens ricas e crepúsculos, que revelam modernos tons profundos e cores ricas que possuem explosões surpresa de pigmentos coloridos”, explica Laurie Pressman, do Pantone Color Institute.

A ideia principal é que os tons sugeridos causem tanto impacto se usados sozinhos quanto se combinados ou misturados uns com os outros.

Entre as 10 cores selecionadas pela Pantone para compor o top 10 estão tons extrovertidos, intensos e cheios de personalidade, como o PANTONE 15-0850 Ceylon Yellow e o PANTONE 18-1549 Valiant Poppy, por exemplo.

Cheia de personalidade, a Ceylon Yellow vem para inovar
Cheia de personalidade, a Ceylon Yellow vem para inovar

 

A Valiant Poppy é, ao mesmo tempo, uma cor refinada e irreverente
A Valiant Poppy é, ao mesmo tempo, uma cor refinada e irreverente

A inventividade das folhas da floresta ficam pelo PANTONE 16-1255 Russet Orange. Além deste, há também o PANTONE 18-3838 Ultra Violet, eleita a cor do ano de 2018!

A Russet Orange remete à impressão de folhas secas caídas ao chão da floresta
A Russet Orange remete à impressão de folhas secas caídas ao chão de uma floresta

 

A Ultra Violet foi eleita a cor do ano de 2018
A Ultra Violet foi eleita a cor do ano de 2018

Já na paleta de cores clássica, como é de se esperar, há tons mais sóbrios, como o PANTONE 16-1438 Meerkat (tom de marrom queimado) e o PANTONE 19-4031 Sargasso Sea (azul escuro).

A paleta de clores clássicas destaca cinco nuances refinadas e elegantes
A paleta de clores clássicas destaca cinco nuances refinadas e elegantes

Como as tonalidades clássicas desempenham um papel essencial na moda, a Pantone escolheu por destacar cinco nuances nessa temporada, todas altamente adaptáveis a combinações.

Estampas e padronagens – EK indica: arrisque no Xadrez Vichy!

O xadrez Vichy é uma padronagem tradicional que está super em alta, e é muito utilizado em papéis de parede e mobiliário.

O Vichy é caracterizado por combinar dois tons da mesma cor, com fundo branco. A combinação mais comum é o branco com vermelho, mas atualmente é possível optar entre uma grande variedade de cores.

Estampas em xadrez vichy são uma boa aposta para o inverno 2018
Estampas em xadrez vichy são uma boa aposta para o inverno 2018

Esse tipo de estampa é atemporal por sua versatilidade em mesclar o vintage/clássico com as tendências modernas, criando um ambiente elegante e requintado.

Está pensando em renovar a decoração da sua casa esse ano? Entre em contato conosco e solicite um orçamento de design de interiores!

Você já conhece a arquitetura sustentável?

A arquitetura sustentável é uma forma de conceber o projeto arquitetônico de maneira sustentável.

Para isso, ela busca otimizar os recursos naturais. Seu principal objetivo é minimizar o impacto ambiental das edificações sobre o meio ambiente e seus habitantes.

Também conhecida como arquitetura verde ou ecoarquitetura, a arquitetura sustentável nasceu na década de 70. Essa modalidade incorpora o estilo sustentável desde a construção do imóvel até o dia a dia dos moradores.

Confira a seguir algumas medidas e princípios adotados pela arquitetura sustentável.

Do projeto ao dia a dia: princípios básicos da arquitetura sustentável

Preocupação com a matéria-prima: como exemplos de materiais ecológicos, podemos citar os blocos de terra comprimida, o adobe, tintas não tóxicas, reciclados, madeiras certificadas, entre outros.

 O adobe é uma ótima alternativa para construir com qualidade e consciência ecológica
O adobe é uma ótima alternativa para construir com qualidade e consciência ecológica

Além, de optar por materiais ecológicos, é importante também exigir sempre os certificados de proveniência de cada material comprado para levantar a construção.
Isso garante que você trabalhe com materiais ecologicamente apropriados, com mínimo prejuízo ao ambiente.
A melhor maneira de alcançar esse objetivo é manter uma rede de fornecedores legítimos e confiáveis, com o interesse em comum de reduzir os danos ao ecossistema.
Outra medida consciente é buscar a otimização e moderação no uso de materiais, dando prioridade aos de baixo consumo de energia.

Aproveitando o melhor das condições climáticas: é importante levar em consideração questões como a hidrografia dos ecossistemas ao redor, por exemplo, na hora de pensar no planejamento da obra. Dessa forma, é possível obter o máximo desempenho com o menor impacto.

Providências estruturais: algumas medidas referentes a escolhas estruturais podem ser tomadas para otimizar a construção. Você pode escolher métodos com consumo de energia consciente, dando prioridade a fontes de energia renováveis.

Uma opção interessante e sustentável é dar prioridade para construções que façam, proveito de iluminação natural
Uma opção interessante e sustentável é dar prioridade para construções que façam, proveito de iluminação natural

Um exemplo disso é com relação ao planejamento da localização da obra e suas janelas. Você pode escolher dispô-las de maneira que a trajetória do sol durante o dia e a direção dos ventos possam trabalhar a favor da economia de energia artificial no dia a dia. A implementação de vidros duplos também pode permitir que os ambientes recebam luz natural por todo o dia sem se tornarem muito quentes.
As construções que seguem esses procedimentos são recompensadas com um selo, que torna o imóvel mais valorizado e qualitativo.

Está pensando em construir e compartilha da nossa preocupação com o meio ambiente? Então entre em contato conosco e solicite um orçamento. Vamos juntos construir um mundo melhor e mais consciente!

5 dicas fundamentais para iniciar uma construção

Uma vez que o terreno estiver devidamente registrado, é hora de pensar no projeto da construção. Porém, antes de tirar a obra do papel, há ainda algumas questões que devem ser avaliadas com cuidado.

Está pensando em construir e já possui o terreno escolhido? Então confira a seguir cinco dicas essenciais para que tudo saia como o planejado.

1. Planejamento

Conforme orientado no texto publicado anteriormente a respeito da escolha do terreno, é necessário que você fique atento à topografia do local designado.

Procure estar informado sobre todas as questões acerca do lote em questão. É preciso saber se o valor dele está de acordo e dentro das medidas e possibilidades viáveis da obra que você pretende construir.

2. Contrate um arquiteto

A contratação de um profissional da área é indicada desde o início do processo, desde a escolha do terreno à entrega da construção.

O mais indicado é contratar um arquiteto antes mesmo da compra do terreno
O mais indicado é contratar um arquiteto antes mesmo da compra do terreno

Negligenciar a importância da contratação de um profissional especializado é correr o risco de ter que refazer partes da construção posteriormente, resultando em prejuízos financeiros e possível comprometimento da segurança da sua família.

Vale lembrar que a atuação do profissional não se restringe somente à elaboração da planta baixa da obra, mas envolve também todo o projeto de iluminação, telhado, fachadas, conciliando viabilidade, bom gosto e funcionalidade.

3. Idealize o projeto

É importante estar bem alinhado ao profissional contratado, deixando claro seu orçamento e suas expectativas com relação à obra.

Uma vez feito seu planejamento pessoal, tendo um arquiteto ao seu lado e o terreno em mãos, o primeiro passo é idealizar o projeto.

Para se alinhar ao profissional contratado, deixe claro seu orçamento e suas expectativas com relação à obra
Para se alinhar ao profissional contratado, deixe claro seu orçamento e suas expectativas com relação à obra

Nessa etapa, você basicamente irá elaborar seu projeto junto do profissional, imaginando como a construção ficará depois de pronta, levando em consideração detalhes que irão compor os ambientes.

4. Seja realista e fiel ao seu orçamento

É importante definir um orçamento, através do qual será determinado quanto dinheiro será necessário para construir o projeto. Por isso essa é uma das etapas primordiais da construção.

Manter-se sempre realista ao dinheiro disponível a ser investido e ter em vista as necessidades da família é essencial para conseguir arquitetar o que você tem em mente.

É fundamental manter-se sempre realista ao dinheiro disponível para a obra
É fundamental manter-se sempre realista ao dinheiro disponível para a obra

Evitar o desperdício de materiais e não alterar o projeto durante a execução da obra são escolhas que podem colaborar para a economia em sua construção.

Coloque as despesas necessárias na ponta do lápis e, junto de seu arquiteto, busque alternativas viáveis e que não coloquem em risco a qualidade do projeto.

5. Opte pelos melhores materiais

A qualidade da construção está diretamente relacionada aos materiais escolhidos para levantá-la, porém isso nem sempre significa que os mais caros serão a melhor opção.

É importante levar em consideração que para cada tipo de construção há um tipo de material adequado.

É indicado optar pelos melhores materiais, o que não necessariamente significa que serão os mais caros
É indicado optar pelos melhores materiais, o que não necessariamente significa escolher os mais caros

Além disso, poupar custos com materiais pode significar uma economia momentânea, mas que podem gerar custos a longo prazo, principalmente no que diz respeito à manutenção da obra.

Está pensando em construir? Entre em contato conosco ou venha nos visitar para fazermos um orçamento para você.