A arquitetura e o clima

A arquitetura e o clima

A arquitetura desempenha um papel importante no desenvolvimento de nossa sociedade. Estratégias e técnicas na construção permitem uma imensa evolução no desenvolvimento dos centros urbanos e com isso, um grande desafio perante as alterações climáticas.

O clima já não é mais o mesmo e precisamos nos adaptar. Em vista disso, nós arquitetos e engenheiros, precisamos nos atualizar em relação às novidades do mercado.

Qual é a relação entre clima e arquitetura?

As temperaturas estão cada vez mais imprevisíveis e uma moradia deve ser construída para atender essa demanda. Novas tecnologias auxiliam para usufruir ao máximo do clima onde você mora, sempre respeitando a sustentabilidade e o uso consciente do espaço urbano.

Economia no consumo de água e energia e aproveitamento total das técnicas construtivas e equipamentos focados para esta necessidade.

Como um clima quente e seco interfere na construção civil?

As construções em temperaturas quentes devem priorizar a ventilação natural e a proteção solar , por exemplo, com beirais mais largos, brises, fundamentais na garantia do conforto ambiental. Soluções que criam um ambiente sustentável em que a redução do consumo de energia elétrica é uma de suas principais vantagens.

 

 

 

E o inverno?

Partindo para o outro extremo, os climas frios também interferem em uma obra. O isolamento térmico é fundamental. Sua principal função é manter o ambiente interno aquecido e fazer com que o calor gerado não se desperdice para o exterior.

A construção dos telhados das residências também necessita de cuidados especiais, mantas térmicas a fim de isolar o frio. As portas e janelas também com proteção para evitar a troca de calor. Da mesma forma, paredes mais grossas e revestimentos especiais auxiliam na preservação do calor interno.

O cuidado com a natureza e o consumo consciente de seus recursos asseguram o bem-estar de todos e o futuro das próximas gerações. Analisamos sempre os fatores regionais de nossos projetos para obter soluções eficientes para ter o máximo de aproveitamento do clima onde a construção será feita.

Venha até o nosso escritório planejar o seu sonho! Ficaremos felizes em recebe-lo(a)!

Paisagismo e jardinagem. Qual a diferença?

Podemos afirmar que as áreas verdes desempenham importante papel em nosso convívio, principalmente nas grandes cidades, onde o asfalto e grandes construções são a maioria.
É comprovado que a falta do verde contribui para uma qualidade de vida inferior, o que infelizmente não se resume apenas à preservação ambiental, mas que também afeta diretamente o apelo estético de um determinado lugar.


Via: florevidafloricultura

Com o crescimento urbano, que ocorre sem planejamento, os moradores vêm procurando meios de trazer para perto de si o verde que um dia foi naturalmente parte integrante desses espaços.
O paisagismo e a jardinagem marcam presença com funções distintas e estão intimamente ligadas.

O arquiteto e paisagista planejamento a criação do projeto, gestão e preservação de espaços livres, que podem ser internos ou externos, públicos ou privados. A principal função é promover a integração do homem com a natureza de uma maneira estética, funcional e que, acima de tudo, proporcione qualidade de vida e está intimamente ligada à arquitetura, envolvendo criação artística e design.

A jardinagem, por sua vez, consiste em um conjunto de técnicas usadas no plantio e manutenção de jardins. Vale lembrar que o paisagismo atua de forma mais ampla que a jardinagem e vai muito além dos jardins internos e externos de ambientes diversos. Pode-se dizer que o trabalho do arquiteto e do paisagista é multidisciplinar, englobando não só projetos de jardins, parques e praças urbanas, mas também planos de desenho urbano e de restauro, requalificação e preservação do ambiente da cidade. Além disso, é essencial em planos urbanos e de estudos de manejo ambiental regional, propostas de tratamento paisagístico de vias urbanas e autoestradas. Projetos de recomposição paisagística em escala territorial, programas de educação ambiental e criação de parques nacionais e reservas de proteção a ecossistemas ameaçados.
Afinal de contas, viver em um ambiente verde, além e ser lindo, é extremamente importante termos o contato com a natureza.

Venha tomar um café com a gente e deixar sua casa mais verde e florida.

 

Quer economia em sua obra? Contrate um arquiteto!

Muitas pessoas deixam de consultar um arquiteto durante a construção de sua obra. Isso se deve à falsa crença de que isso pode encarecer o seu orçamento.

Contratar um profissional de arquitetura é fundamental para garantir que sua casa seja construída com segurança e conforme seu planejamento e suas necessidades, entre outras vantagens.

Escrevemos esse texto não só para desmistificar essa ideia de que a contratação de um arquiteto pode encarecer seu orçamento, mas também para mostrar a você que contratar um arquiteto pode inclusive te ajudar a economizar. Não deixe de conferir!

Planejamento é essencial

O projeto arquitetônico é criado para que a obra seja planejada e realizada de acordo com o orçamento previsto. Isso evita, também, o surgimento de problemas ao longo do processo.

Sem um projeto arquitetônico, você corre o risco de construir algo diferente do que visava inicialmente e, consequentemente, gastar mais dinheiro do que o planejado ou necessário.

O projeto arquitetônico é essencial para que sua obra siga um planejamento
O projeto arquitetônico é essencial para que sua obra siga um planejamento

Além disso, uma obra sem esse tipo de supervisão pode levar até o dobro do tempo previsto para ficar pronta. Isso pode ocasionar em mais gastos em mão-de-obra.

Por outro lado, contratar um arquiteto pode reduzir em até 30% o custo total da sua obra. Isso porque um profissional com visão objetiva pode garantir que seu dinheiro seja bem aplicado em cada etapa da construção.

Além disso, elaborando um projeto, o arquiteto calcula a quantidade de material necessário e elabora um orçamento para facilitar a programação financeira do cliente. Isso ajuda a evitar gastos extras e valorizar o imóvel em até 50%, uma vez que agrega valor à construção.

Sem dor de cabeça!

As vantagens não param por aí: um imóvel bem construído pode te ajudar a economizar mesmo depois da obra ser concluída.

Isso porque projetos desenvolvidos com a consultoria de profissionais evitam uma série de problemas futuros.

Com a consultoria de um profissional competente, você pode, por exemplo, ter uma obra com grande recepção de iluminação natural durante a maior parte do dia, evitando maiores gastos com contas de luz.

Por esses motivos, a contratação de um arquiteto é, na verdade, um investimento necessário, e não um gasto.

Agora que você já sabe a economia que pode ter contratando um arquiteto, o que acha de fazer um orçamento conosco? Entre em contato ou venha nos visitar!

Como planejar a sua reforma?

Como planejar sua reforma

Fazer uma reforma é um grande desafio, afinal sempre surge um imprevisto ou outro durante o processo. Mas, antes de tentar encontrar soluções para os problemas é imprescindível evitar que eles aconteçam, por isso, o planejamento é fundamental para executar todas as etapas da sua reforma com tranquilidade.

Listamos algumas dicas de como planejar sua obra e evitar problemas futuros, veja o passo a passo:

Contrate um profissional

Antes de tudo contrate um profissional especializado para te ajudar nesse planejamento e garantir que todas as etapas da reforma sejam concluídas adequadamente.

Lembre-se de que é fundamental ter essa assessoria para garantir a qualidade da sua reforma e não contar com surpresas desagradáveis e gastos desnecessários.

Defina objetivos

A primeira regra é definir seus objetivos. O que você realmente deseja? Qual o objetivo da obra? Ampliação? Iluminação?Quais são os materiais necessários para sua reforma?

Antes de começar a comprar material ou mesmo mexer no espaço é necessário colocar no papel qual é a sua meta com essa reforma. Depois de estipulado o objetivo, chegou o momento de pesquisar referências e ideias.

Pesquise referências

Pesquisar referências é uma das melhores formas de escolher o que você deseja para seu espaço, busque por fotos, ideias e obras já realizadas e opte por aquilo que será realmente útil e que trará maior aproveitamento do seu espaço.

Resultado de imagem para reforma de casa
Acerte no planejamento do projeto

Faça orçamentos

Depois de definir os objetivos da sua reforma e de pesquisar várias referências, liste todo o material necessário para realizar sua reforma e faça orçamentos em 2 ou 3 lugares. Lembre-se de que os preços e condições de pagamento podem variar muito de loja para loja e o gasto ser muito grande se não houver pesquisa.

Fazer uma planilha com esses orçamentos é a melhor maneira de identificar qual é a melhor opção na relação custo-benefício. Não tenha pressa, pesquise com calma todos esses detalhes antes de fechar alguma compra.

Agora é a hora de colocar seu planejamento em prática e esperar a conclusão da sua reforma!

 

 

 

 

Saindo de casa: compensa mais alugar um imóvel ou comprar um apartamento?

Faz parte da vida de todos nós: uma hora precisamos sair da casa dos nossos pais. Esse momento pode chegar mais cedo do que a gente imagina! E aí, fica aquela pergunta no ar: comprar um apartamento novo ou morar em um apartamento de aluguel?

Durante anos ouvimos dos nossos pais que a melhor opção é comprar o próprio apartamento, já que o pagamento mensal do aluguel era o mesmo que jogar dinheiro fora. Assim sendo, seria melhor que você gastasse com as prestações do seu imóvel ao invés de assumir uma conta sem que você tivesse retorno futuro. Mas será verdade?

A compra do apartamento próprio

Conquistar a casa própria é, geralmente, a maior realização que alguém pode fazer em vida. Até por isso que o perfil das pessoas que compram um imóvel sejam aqueles que já estão usufruindo de uma carreira consolidada, tem uma família formada e consegue arcar com as prestações do financiamento.

Além disso, também representa uma excelente forma de investimento, já que com o passar dos anos, o imóvel passa a acrescer do valor originalmente pago.

Fora que quando temos algo nosso, temos a garantia de liberdade e opção da escolha. Por exemplo, se você quiser aumentar os cômodos, você poderá fazê-lo porque essa benfeitoria irá apenas repercutir pra você, diferentemente de um imóvel alugado, onde você terá que pedir a permissão e, somente se ele conceder, você continua com o processo da reforma.

Analise cuidadosamente as alternativas

O apartamento alugado

Quem está saindo de casa pela primeira vez, o aluguel passa a ser uma forma atrativa e imediata de resolução do problema, uma vez que o financiamento é uma opção que acaba implicando com numa dívida de maior valor.

Outro ponto positivo é a diminuição das obrigações para com o imóvel e sua conservação, uma vez que aquele bem não é seu. Podemos dizer que o dono do imóvel tem mais obrigação do que o locatário, arcando com as despesas deste, com a reforma, com a manutenção, entre outras. Em contraponto, você não terá a liberdade de fazer algumaalteração em relação a estrutura da casa ou do apartamento.

Portanto, o investimento para um imóvel de aluguel não proporcionará retorno, e você nunca terá a liberdade de optar por algum tipo de reforma, ou terá que obter previamente a autorização do locador.

Devemos lembrar sempre que, quando compramos um bem imóvel, o teremos pelo resto da vida! A valorização desse espaço se dará por muitos anos, e você sempre pode trocá-lo por outras opções que garantem o conforto que busca naquele momento. Além disso, você pode investir para alugar posteriormente e garantir uma renda extra ao seu orçamento. Já o aluguel, não possui essas vantagens. Comprar um apartamento ou casa ainda na planta é uma excelente alternativa, já que o mesmo é extremamente valorizado durante a construção.

 

E para quem está disposto a investir, a Arquitetura EK indica e participa de todas as etapas do projeto com muita dedicação e responsabilidade. Entre em contato e saiba mais.

Papel de parede: como usá-lo na decoração do quarto?

A tendência do papel de parede na decoração está cada vez mais em alta. Isso ocorre porque antigamente os revestimentos tinham custos mais altos e hoje estão ficando mais baratos e consequentemente, mais acessíveis. É um material de fácil aplicação e deixa qualquer ambiente com a sua cara, personalizado mesmo. Sem falar que o mercado oferece uma infinidade de texturas, cores e modelos de papéis de parede para casa.

Você pode usar e abusar da criatividade para compor o visual do ambiente

 

O quarto é um cômodo de relaxamento, descanso, particularidade. Talvez mudá-lo e deixá-lo com a sua personalidade seria uma alternativa super interessante. Os papéis de parede podem ser colocados na cabeceira da cama, para completar a decoração do espaço, e fazê-lo visualmente mais agradável.

A parte mais legal é que você mesmo pode colocar! Nós separamos algumas dicas importantes para não errar na hora da aplicação.

Você pode optar por desenhos mais florais no quarto

Dicas para aplicar papel de parede

  1.  Antes de qualquer coisa, é preciso medir a área para que o papel seja colocado de maneira ideal. Calcule o m² para não correr o risco de faltar material.
  2. A instalação deve começar nos cantos da parece, sempre de cima pra baixo. Caso necessite de cola, passe na parede e depois cole o papel. Se este já tiver propriedade adesiva, retire a película protetora com cuidado
  3. Após aplicado, veja se não há bolhas, caso isso ocorra, fure com uma agulha e passe pano por cima.
  4. A manutenção não é nada complicada. É só ficar atento às recomendações do fabricante. Há alguns falam para passar pano úmido, outros, apenas o pano seco já basta.

Existem várias estampas e texturas de papel de parede nas lojas de decoração. O legal mesmo é se sentir bem e escolher a que mais combina com o seu estilo de vida e com o seu gosto. 😉

 

Ideias de revestimento para banheiros

Esqueça aquela antiga tradição de que os banheiros e lavabos precisam ser necessariamente em tons de branco. Dá para apostar em revestimento, texturas e cores bem bacanas que deixam o ambiente com aquele ar “clean” de limpeza e relaxamento.

Mas como escolher o revestimento ideal?

As peças em cerâmica, porcelanatos, pedras naturais e pastilhas, são as favoritas na hora da escolha de texturas dos banheiros da casa e do escritório.

Uma boa alternativa é apostar em paredes com revestimentos 3D. Esse tipo de design acaba sendo bem mais resistentes que as pinturas convencionais. Os pisos de madeira também entram na lista, já que eles permitem uma sensação aparentemente mais rústica e elegante.

Sofisticação e elegância do revestimento de porcelanato

Alguns tons mais neutros e escuros podem ser substituídos por cores mais fortes e assim, proporcionar aquele ar inovador, contemporâneo!

Para quem deseja apostar nessa tendência, é de extrema importância atentar-se a alguns cuidados essenciais com a área revestida.  Não é recomendado utilizar locais próximos ao Box, por causa da umidade causada pelo vapor d’água do chuveiro pode danificar toda pintura.

A utilização de um gel impermeabilizante também é uma solução. Pode ser aplicado na parede logo após o término da pintura. Já para a manutenção de limpeza das frestas, deve ser utilizada uma escova de cerdas macias.

Você já conhece a Arquitetura EK? Nossa equipe é altamente qualificada para montar o projeto de qualquer cômodo, como você bem desejar. E aí?  Que tal dar um “Up” na sua suíte? Entre em contato conosco, marque uma reunião, venha até nosso escritório e aproveite, conheça diversas espécies de revestimento e escolha o que mais se adequar ao seu gosto e a sua rotina. É sempre bom inovar, e a equipe EK assume esse compromisso com você.

Como funcionam as piscinas de borda infinita?

Sinônimo de luxo entre os objetos de lazer, a piscina de borda infinita faz a água se misturar com o ambiente, causando um impacto diferenciado. Essa sensação mais ampla ocorre porque as partes laterais transbordam, evidenciando o horizonte que por hora, parece ser infinito. Neste contexto, ter uma paisagem que surpreenda, é fundamental para compor toda essa estrutura colossal.

Posso ter piscina de borda infinita em qualquer terreno?

A vista panorâmica é uma das maiores vantagens desse tipo de piscina. Ela se mistura com os diversos elementos presentes em cena, tais como jardins, céu, mar e até as montanhas. É incrivelmente lindo. Mas cuidado, não é qualquer tipo de terreno que comporta esse projeto. O ideal é ter no mínimo 30 metros quadrados de área.

Tal efeito é pensado logo na começo da construção da piscina. Primeiro é colocada uma estrutura mais baixa, para onde irá a água que transborda. Depois é instalado um sistema de  filtragem ao fundo da calha para que a água excedente retorne ao reservatório.  Tudo fica ainda mais lindo se o terreno for em declive.

Neste caso a equipe da arquitetura EK planejou uma piscina que se misturasse com as águas da represa ao fundo

O efeito infinito pode ser ainda mais reforçado através do contato com uma feita através do próprio terreno, além de ficar mais em conta, isso pode auxiliar na segurança. Cores que contrastam com a harmonia do espaço são indicadas para você usar e abusar. O estilo da arquitetura da casa, também deve ser levado em consideração para que o projeto não destoe tanto. As piscinas de fundo infinito são modernas e sua estética deve ser devidamente pensada.  Quando o assunto são as formas geométricas o ideal é apostar em formatos que apresentam linhas mais retas e simétricas.

Acredite, o resultado é incrível. A equipe EK já testou o projeto em algumas casas e comprova: É surpreendente, elegante e agradável. Seu espaço nunca mais será o mesmo! Entre em contato conosco e faça seu orçamento!

 

 

 

 

 

 

 

Forros e ambientes: tendências para deixar sua casa aconchegante

Por criar efeitos diferentes na decoração, apostar nos tipos de forro pode dar um “up” no visual do ambiente. Vamos listar alguns atributos importantes na hora de escolher o tipo de forro para a sua casa ou escritório.

Dicas de forros e ambientes

Altura

Em ambientes grandes, quanto mais alto, mais indicado, pois o conforto térmico é melhor. Depois os detalhes podem ser rebaixados em gesso, por exemplo.

Opte pelo conforto térmico e iluminação natural

Reto ou inclinado

Qualquer opção é ótima, depende do efeito que quer causar: mais rústico, mais moderno, clássico, tudo é bem vindo, desde que siga o padrão do partido adotado. A iluminação com spots ou lustres pendentes podem completar a ideia e reafirmar o partido.

Os inclinados proporcional à decoração aquele ar tradicional e ao mesmo tempo moderno.

Forro divide espaços

Quando há ausência de paredes, forros de ambientes em alturas distintas proporcionam a impressão de mudança de cômodo, dessa forma eles delimitam espaços de maneira sutil.

Os forros como elementos divisores, promovem uma sensação de espaçamento no ambiente

 

Destaca objetos

Quando o forro é rebaixado em torno de algum elemento de decoração, o forro o destaca sua existência. Acaba emoldurando esse objeto, voltando a atenção do ambiente para ele.

Forro que chama atenção para o local mais alto:

Uma saída para quem gosta de inovar e de ter uma casa ou escritório mais elegantes é investir em detalhes nos forros. É um recurso interessante para deixar o visual mais harmônico e completo.

Efeitos luminosos dos forros de ambiente:

Com o forro é permitido ter vários efeitos de iluminação através de luminárias e lâmpadas embutidas. Esse modelo de iluminação deixa a área mais confortável, pois a luz difusa cria ambientes mais suaves, aconchegantes.

Está esperando o que? Entre em contato e realize um orçamento para reforma, deixe sua casa com um aspecto moderno e inovador 😉

Por que ter uma cozinha moderna?

É muito simples identificar uma cozinha moderna em casas e até lojas de móveis planejados. Isso ocorre porque o estilo é bem “clean” e livre de muita informação visual.  O que muita gente não sabe é que os benefícios dela vão muito além da estética e decoração. A maior vantagem na cozinha super moderna é a funcionalidade e praticidade proporcionadas por alguns fatores. A gente te explica tudo direitinho, vamos lá?!

  • Cooktop no lugar do fogão

Ele possui bocas e é embutido na bancada separado do forno. Por esse motivo fica bem mais fácil visualizar os alimentos quando ficam em locais distintos, sem precisar ficar com aquela preocupação de abaixar o corpo toda hora.

  • Ilhas ou Penínsulas

São composições extremamente importantes para promover aquele ar de aconchego no ambiente. Isso ocorre porque com a inserção de ilhas e penínsulas pode haver interação da visita com a pessoa que está cozinhando, dessa maneira deixando a cozinha mais agradável e ativa.

  • Puxadores lineares

Os puxadores lineares são acessórios que ficam acima ou o ao lado das gavetas, facilitam na hora de pegar objetos e não poluem o visual como muitas vezes, os demais fazem. Além disso, esse tipo de puxador é bem mais resistente em relação aos outros de parafuso que podem quebrar com facilidade.

  • Eletrodomésticos embutidos

Os cooktops já são uma realidade magnífica e muito prática em nosso cotidiano, entretanto as torres com fornos elétricos embutidos, elas economizam o espaço e deixam o canto livre para a passagem de pessoas.

Em geral, o custo desses móveis para compor uma cozinha moderna é um pouco mais alto. Entretanto, agregam valor, resistência e sofisticação ao ambiente, por este motivo não será substituído facilmente pela durabilidade dos materiais utilizados. Vale muito a pena investir!

Entre em contato conosco e conheça o trabalho de toda a equipe.