Arquiteto ou engenheiro civil: quem devo consultar para a minha obra?

Construir ou reformar um imóvel não é tão simples quanto você imagina.  Contudo, todos s seus problemas poderão ser minimizados se você procurar um profissional que seja qualificado para atender a sua demanda. Quando nós falamos em projeto, nós já assimilamos em nossa cabeça a personificação do arquiteto, mas quando pensamos na execução, já pensamos no engenheiro civil. Mas afinal de contas, qual dos dois eu devo consultar para a realização da minha obra?

Qual devo contratar: engenheiro civil ou o arquiteto

Antes mesmo de responder a sua pergunta, é preciso deixar claro que por mais que os dois profissionais trabalhem na mesma área, eles atuam em procedimentos diferentes. O engenheiro se ocupa mais com a parte estrutural de um projeto, já o arquiteto é aquele responsável pelo planejamento do espaço e das formas com que os espaços serão planejados, das formas com que as estruturas da casa deverão ser feitas. Entendendo essa primeira parte, vamos especificar.

Se você está pensando em reformar/construir a sua melhor opção seria a contratação de um arquiteto, visando:

– Melhor aproveitamento possível do terreno,

– Distribuição correta dos cômodos pela casa,

– Ventilação e iluminação, que é um dos itens mais importantes e que deverá ser levado em conta na criação de qualquer projeto arquitetônico.

– Funcionalidade da casa, entre outras opções de suma importância.

E o engenheiro civil, onde entra? Ele entra na parte II, com cálculo estrutural da casa, por exemplo.

Quer dizer que um depende do outro, porque o arquiteto sintetiza todos os sonhos e planos em um projeto, e o engenheiro civil torna esse projeto estruturalmente viável.